Governo discute ampliação do acesso à saúde para a população indígena

0
244

As Secretarias de Estado da Saúde e da Mulher e Diversidade Humana, receberam, nesta segunda-feira (14),  representantes dos povos indígenas potiguaras de 34 comunidades aldeadas (Baía da Traição, Rio Tinto e Marcação), profissionais de saúde dos polos daquela região e representantes do Conselho de Saúde Indígena e da Articulação de Povos Indígenas na Paraíba e da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde. Em pauta, a ampliação do acesso à saúde desses povos. 

Ficou acertado que será feito um próximo encontro entre Governo do Estado, prefeituras das regiões dos povos indígenas e Governo Federal, para oferecer uma ampliação do acesso à saúde, com atenção ao laboratório. “A partir do que foi conversado, criamos uma agenda com municípios que têm população aldeada e Governo Federal para que, juntos, os três entes federados, criarmos a melhor forma de continuar oferecendo saúde de qualidade à essa população. Além disso, será feita uma pactuação de cuidado materno-infantil, onde serão realizados serviços importantes como o pré-natal, etc. São agendas que vão nos permitir trabalhar com boas pautas em 2021”, disse o secretário executivo de Saúde, da SES, Daniel Beltrammi.

“Com esse encontro, o Governo do Estado representa, mais uma vez, o compromisso com os indígenas que, para nós, é um patrimônio e, com certeza, procuraremos todas as formas possíveis, para fazer com que essa população continue tendo a sua saúde cuidada”, observou a secretária da Mulher, Lídia Moura. 

A liderança de movimento e assessor do Distrito Sanitário Especial Indígena (Disei) Potiguara, Alcides da Silva Alves, agradeceu pela reunião. “É um marco histórico um governo receber a população indígena para discutir questões ligadas à saúde que são tão importantes para o nosso povo”, declarou. 

Via: Paraíba.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Comenta ai
Seu nome aqui